Blog

Benefícios da manutenção elétrica preventiva x acidentes com energia elétrica, quem venceu em 2017?

BENEFÍCIOS DA MANUTENÇÃO ELÉTRICA PREVENTIVA

Dezembro é mês de avaliar o ano, certo? E temos muitos fatos importantes para relembrar. 2017 começou com a campanha “Energia Elétrica sem Acidentes”. Foi uma ação da OMS para alertar a comunidade sobre os riscos de instalações precárias. Também para divulgar os benefícios da manutenção elétrica preventiva empresarial, industrial e residencial.

De um lado, as manchetes sobre acidentes e mortes causadas por energia elétrica continuaram a povoar a imprensa.

De outro, houve uma crescente conscientização, por parte de empresas, sobre a importância vital da prevenção. Mesmo em um ambiente de crise econômica, muitas começaram a cuidar de suas instalações elétricas. Especialmente por meio da manutenção elétrica preventiva.

Em nosso trabalho rotineiro de manutenção elétrica em 2017, encontramos indústrias e empresas com sérios riscos de explosões, incêndios, curtos-circuitos e interrupção total do fornecimento de energia. Mas foi crescente a demanda por este serviço. Isso demonstra que Curitiba quer mudar as estatísticas brasileiras sobre acidentes com energia.

Em 2017, elas continuaram negativas, como mostramos em nossos posts durante a campanha Energia Elétrica sem Acidentes:

  1. Nos últimos anos, o número de incêndios causados por curto-circuito em rede elétrica aumentou espantosamente. Em 2015 o índice cresceu 50% em comparação com 2014, de acordo com a Abracopel (Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade).
  2. Esses índices mantiveram-se altos em 2016, de acordo com o relatório divulgado neste ano (2017). Trinta e três pessoas morreram em incêndios provocados por curtos circuitos no ano passado. E ao menos 448 Incêndios foram gerados pelo mesmo problema: curto e sobrecarga em instalações elétricas. Além disso, 599 brasileiros morreram por choque elétrico em 2016.
  3. As causas dos acidentes, de acordo com a Abracopel, são quase sempre as mesmas: redes elétricas antigas, falta de manutenção periódica, excesso de equipamentos plugados em uma mesma saída de energia e instalações malfeitas.

Em 2017, imagens evidenciaram benefícios da manutenção elétrica preventiva

Mostramos aqui o caso da Hellograf, cliente que tinha um problema invisível no transformador de sua empresa, uma indústria gráfica. Testes nos painéis elétricos revelaram que dois disjuntores estavam superaquecendo. “Eu estava com um problemão na mão e não sabia. Tinha roubo de energia, causado pelo superaquecimento, e isso poderia parar a produção” – contou Abílio Santana, proprietário da gráfica.

Em outros grandes clientes na região de Curitiba, trouxemos exemplos dos benefícios da manutenção elétrica preventiva, entre eles:

  1. Identificar problemas ocultos
  2. Evitar acidentes como curtos, choques e incêndios
  3. Evitar paradas na produção, oscilação e quedas de energia
  4. Evitar perdas e danos em equipamentos, bem como baixo rendimento e sobrecarga de máquinas e eletrônicos.
  5. Reduzir a conta de luz ao detectar pontos de desperdício causados, muitas vezes, por sobreaquecimento.
  6. Evitar multas que as empresas e indústrias pagam às operadoras por desperdício.

Flagramos, durante inspeções, quadros de distribuição de circuitos elétricos com sobrecarga e risco de incêndio, interrupção do fornecimento e queima de energia. Dinheiro jogado no lixo. Além de risco de morte para funcionários e técnicos.

“Com a divulgação, neste ano, de imagens mostrando os problemas in loco, ficou mais fácil para a comunidade visualizar a importância da manutenção elétrica. E também do correto dimensionamento das instalações em função da elevação do número de equipamentos e consumo crescente que temos tido ano a ano” – explica Mauro Nascimento Costa, sócio da OMS Engenharia.

Se de um lado apontamos os problemas, de outro sugerimos soluções e maneiras de prevenir os acidentes – que são a consequência fatal da ausência de manutenção elétrica.

A campanha “Energia Elétrica sem Acidentes”: os dois lados da moeda

Veja no vídeo a seguir um resumo das principais dicas que reunimos em 2017 para evitar curtos-circuitos, sobrecargas, choques domésticos, queima de aparelhos eletrônicos e mortes. E também os flagrantes de superaquecimento nas empresas durante as manutenções.

São os dois lados da moeda: os benefícios da manutenção elétrica programada e cuidados com o sistema elétrico x a negligência que causa acidentes.  O que vai ser em 2018: cara ou coroa? Clique aqui e decida…