Blog

Carro Movido a Sol, projeto de energia fotovoltaica da OMS, é sucesso nas ruas de Curitiba

O Carro Movido a Sol da OMS começou a rodar em Curitiba no início do mês e faz um sucesso enorme. Por onde passa, esse projeto de energia fotovoltaica sobre rodas chama a atenção de pedestres e motoristas.PROJETO DE ENERGIA FOTOVOLTAICA

Tanto que o simpático veículo elétrico foi logo parar nas bancas de revistas e nos telejornais da capital paranaense. No dia 04 de abril (2018), o Carro Movido a Sol saiu na capa do jornal Bem Paraná. A publicação destacou como um projeto de energia fotovoltaica pode transformar a vida moderna.

PROJETO DE ENERGIA FOTOVOLTAICAA reportagem explicou muito bem a lógica da OMS Engenharia. A empresa possui módulos solares em seu telhado. E é com essa energia que o Carro Movido a Sol é abastecido. Resultado: o custo de cada carga de bateria, que já era baixo (em torno de R$4,5) torna-se zero.

O projeto de energia fotovoltaica na TV

A Band e a E-Paraná (TV Educativa) gravaram reportagens sobre o Carro Movido a Sol no dia 04.04.18. Foi uma troca muito interessante com a imprensa. Ela é cada vez mais atuante em relação aos problemas ambientais que o mundo enfrenta. Entre eles, o aquecimento global e a ameaça iminente de escassez de energia e recursos hídricos.

Comprometido com as questões ambientais, o jornal Band Cidade enfatizou o projeto de energia fotovoltaica da OMS como tendência irreversível. Cada vez mais as pessoas investirão em geração própria de energia e buscarão alternativas como o carro elétrico combinado à geração solar. Veja a reportagem da Band aqui.

Em casa e na garagem: a economia de um bom projeto de energia fotovoltaica

Ele é pequeno, absolutamente silencioso e atinge no máximo 60 Km por hora. Como ganhou painéis solares no teto, gera energia, o que aumenta a autonomia da bateria de 100 Km para até 125 km por carga.

A reportagem que a E-Paraná produziu sobre o Carro Movido a Sol explicou muito sobre o funcionamento do projeto. E sobre as  vantagens da geração solar.

Mostrou como a eletricidade sai dos painéis solares no telhado da OMS, passa pelo inversor e vai às tomadas. Uma delas foi instalada no pátio da empresa só para “abastecer”o Carro Movido a Sol.

A reportagem também mostrou a economia na conta de luz em uma residência com painéis solares. É possível ter até aquecimento no piso e na piscina (em Curitiba!). Palavras de quem instalou uma geração solar no telhado de casa….Veja no vídeo.

A intenção do projeto de energia fotovoltaica da OMS

Carregar o próprio carro com custo zero é um projeto de energia fotovoltaica que chama a atenção dos brasileiros. Sim, provamos que é possível gerar a própria energia, mesmo em cidades com bastante nebulosidade, como Curitiba. E que podemos escapar das enormes contas de luz com um investimento que se paga em cinco anos e gera energia por 25…

É claro que não vendemos carros, e sim projetos e serviços de engenharia elétrica. A intenção da OMS é levar às ruas de Curitiba a provocação: “que carro é esse?, “como assim, movido a sol”?. E mostrar aos curitibanos que, com um bom projeto de energia fotovoltaica, é possível tirar muito proveito dessa energia interminável e limpa que é o sol.