Blog

Reciclagem de cabos elétricos: como é feita e por que ajuda sua marca?

Projeto de infraestrutura elétrica em Curitiba

Reciclagem de cabos elétricos? Sim, porque obras limpas com responsabilidade ambiental ajudam empresas a conquistar, reter e fidelizar clientes.

Marcas que apostam no cuidado com o meio ambiente são cada vez mais respeitadas pelo consumidor. Com isso, ganham relevância e seus serviços ou produtos são ainda mais valorizados pelo mercado.

A tendência mundial de adotar ações conscientes para colaborar com a preservação do planeta ganhou força a partir das novas pesquisas sobre o aquecimento global. E essa tendência impacta todas as etapas de um negócio: da aquisição de insumos ecologicamente corretos a uma obra de engenharia elétrica limpa.

Por isso a  reciclagem de cabos é uma prática adotada em todas as obras da OMS Engenharia que demandam a substituição de condutores elétricos. Portanto, é uma prática comum:

  • na instalação de cabeamento estruturado
  • nas reformas elétricas industriais e comerciais
  • no retrofit, ou seja, modernização de instalações elétricas antigas
  • em alterações nas plantas industriais que demandem troca de cabos antigos por outros mais potentes.

Sempre que cabos antigos e inservíveis são removidos, entra em ação o programa de reciclagem, que é realizado em parceria com a empresa Furukawa.

Pronto para conhecer e adotar a reciclagem de cabos em suas obras? Então clique no vídeo sobre a reciclagem e veja como ela é realizada no tópico a seguir.

 

 

Como é feita a reciclagem de cabos?

 

Em poucas linhas, a reciclagem de cabos, nas obras da OMS Engenharia, segue os seguintes passos:

  1. Os cabos inservíveis são armazenados de maneira a deixar os ambientes sempre limpos e organizados. Além de ser fundamental para a reciclagem de cabos, a organização também ajuda a economizar tempo e dinheiro para os clientes.
  2. O material removido nas obras é acumulado em um depósito na sede da OMS.
  3. De lá, é encaminhado à Furukawa, empresa parceira  que realiza a reciclagem.
  4. As máquinas da Furukawa separam os materiais que constituem os cabos, como plásticos e metais.
  5. Em seguida, estes materiais são reutilizados por indústrias variadas na confecção de novos produtos.

Vale muito a pena conhecer todo o processo neste vídeo que preparamos para você.

 

Cabos são uma grande preocupação ambiental

 

reciclagem de cabos: infográfico poluição ambientalAssim como a reciclagem de lâmpadas, o reaproveitamento de cabos inservíveis é fundamental para a preservação da natureza.

Isso porque os cabos poluem o meio ambiente se não forem descartados de maneira correta.

Para termos uma ideia, enquanto o plástico leva em torno de 450 anos para se decompor, metais como o alumínio levam aproximadamente 200 anos.

Os dados do infográfico ao lado são do Ministério do Meio Ambiente. E demonstram a importância da execução de obras de engenharia elétrica com reciclagem de cabos.

O que isso significa? O engenheiro-eletricista Osmar Nascimento Costa, diretor da OMS Engenharia, explica.

“Além de evitar que os cabos virem lixo,  menos metal e plástico  precisarão ser produzidos, graças à reutilização desses materiais. Ou seja, a reciclagem contribui para reduzir a geração de resíduos e a exploração dos recursos naturais”.

Vantagens da reciclagem de cabos inservíveis

 

Em três anos, o programa de reciclagem do cabeamento removido nas obras da OMS engenharia evitou que:

– Mais de 1,5 tonelada de cabos fosse descartada no meio ambiente

– Economia de mais de 600 toneladas de minério de ferro

– Economia de mais de 70 mil kW/h de energia

O benefício é sentido por todos. Empresas que contratam obras de engenharia elétrica limpas, ou seja, ambientalmente corretas,  conquistam  um número cada vez maior de clientes que impõem a consciência ambiental como condição para realizar negócios.

E a natureza agradece, pois a preservação da vida no planeta, hoje, é responsabilidade de todos. Não há mais como ficar escondido e deixar a ação para o vizinho ao lado.

Ou mudamos agora, ou o mundo sofrerá consequências que, em pouquíssimas décadas, serão irreversíveis. Então, vamos reciclar?

Open chat