Blog

OMS realiza treinamento NR-10 SEP para atender obras de alta e média tensão

Norma NR-10: imagem de treinamento da OMS na norma NR-10

Em fevereiro de 2020, a OMS Engenharia proporcionou aos seus funcionários o treinamento da norma NR-10 SEP, que atualiza os profissionais da engenharia elétrica quanto aos procedimentos de segurança para obras de alta e média tensão.

Normas de segurança com a NR-10 e a NBR 5410 estabelecem as medidas de segurança necessárias à proteção dos trabalhadores, pessoas e instalações envolvidas em obras de engenharia elétrica.

Elas padronizam:

  • quais são os equipamentos de proteção individuais (EPIs)
  • as condições de trabalho
  • e os procedimentos ideais para garantir a segurança dos trabalhadores. E para evitar acidentes com eletricidade que podem gerar incêndios, choques, queimaduras e até mortes.

 

O que é o treinamento da norma NR-10 SEP?

Toda empresa de engenharia elétrica que realiza obras de média ou alta tensão no chamado Sistema Elétrico de Potência (SEP) deve prover aos seus funcionários o treinamento complementar da norma NR-10 para atuar no SEP.

O Ministério do Trabalho e Emprego, MTE, exige o treinamento para todos os trabalhadores que lidam diretamente com eletricidade acima de 1000 (mil) volts, ou seja, expostos a energia de alta tensão.

Dessa forma, o treinamento proporcionado pela OMS aos seus colaboradores prepara a empresa para atuar com segurança em grandes obras e projetos elétricos de alta e média tensão.

De acordo com o engenheiro-eletricista Henrique Costa, da OMS Engenharia: “O treinamento NR-10 SEP aborda os procedimentos de segurança que o profissional tem que admitir quando vai trabalhar no Sistema Elétrico de Potência (SEP). Isso envolve:

  • a parte de análise preliminar de risco
  • quais os riscos envolvidos na parte específica da elétrica em média e em alta tensão
  • quais são os procedimentos realizados durante uma manutenção ou execução de uma obra
  • reparo no sistema elétrico de potência em subestações de 34,5 kV (quilovolt), 13,8 kV e até tensões superiores a isso”.

Norma NR-10 SEP: imagem de treinamento NR-10 para atuar no SEP

Mas o que é o Sistema Elétrico de Potência?

O Sistema Elétrico de Potência (SEP) é o conjunto de todas as instalações e equipamentos destinados à geração, transmissão e distribuição de energia elétrica no Brasil.

No SEP, a energia que sai das usinas geradoras é conduzida até uma subestação elétrica, onde passa por uma transformação que eleva seu nível de tensão para 138 a 500 kV.

Essa elevação é necessária para que não ocorram perdas durante o transporte dessa energia pelas linhas de transmissão. As linhas levam a energia até uma subestação rebaixadora próxima ao ponto de consumo da eletricidade.

Na estação rebaixadora, a energia tem sua tensão reduzida de acordo com a finalidade da utilização.

  • Médios clientes recebem a energia com tensões que variam de 11,9 kV, 13,8 kV a 69 kV.
  • Clientes residenciais, comerciais e industriais podem utilizar potências de até 75 kVA.

Energia na tomada com segurança

Nos pontos de consumo, a energia é utilizada com o potencial de 127, 220 ou 380 volts. Consumidores como indústrias, que compram grandes quantidades de energia da concessionária local em alta tensão, precisam de transformadores para operar em baixa ou média tensão.

O treinamento NR-10 SEP prepara os profissionais da engenharia elétrica para atuar com voltagens elevadas em todas as fases do processo de geração, transmissão e distribuição de energia do Sistema Elétrico de Potência (SEP).

Contratar uma empresa de engenharia elétrica qualificada para atender às normas de segurança prescritas pela NR-10 / SEP significa evitar mortes e acidentes que podem gerar ações trabalhistas e sérias consequências para a imagem das corporações.

Para o engenheiro-eletricista Paulo Maurício de Regoni, especialista em NR-10 SEP que ministrou o curso para os funcionários da OMS Engenharia:

“Ter o treinamento NR-10 SEP é fornecer ao mercado profissionais que estão gabaritados não apenas tecnicamente, mas pessoas que estão verificando a sua segurança e a segurança das outras pessoas que contratam e utilizam os serviços de engenharia elétrica”.

→ Saiba mais a respeito do Sistema Elétrico de Potência (SEP) em nosso post sobre os distúrbios da qualidade da energia nas empresas.

 

O que é e para que serve a norma NR-10?

As NRs (Normas Regulamentadoras) são instituídas pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e apontam medidas de proteção e saúde do trabalhador exigidas em todo o território nacional.

A norma NR-10 rege os preceitos essenciais para salvaguardar a vida do profissional do setor elétrico. Para tanto, padroniza técnicas de segurança que incluem, inclusive, o bloqueio das fontes de energia.

De acordo com a norma, é obrigatória para os profissionais a utilização de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). E isso em todas as fases da realização de um projeto de engenharia elétrica – da execução das obras às manutenções preventivas e corretivas de instalações elétricas.

Veja no vídeo a seguir como ocorre a utilização de EPIs por profissionais que realizam a manutenção elétrica em um grande cliente da OMS Engenharia em Curitiba, no Paraná.

 

 

Como vemos no vídeo, a utilização de equipamentos de proteção individual é somada a um conjunto de medidas e protocolos. Todos voltados à prevenção de acidentes com os trabalhadores e demais usuários das instalações elétricas.

A norma NR-10 também preconiza as melhores técnicas de utilização de equipamentos e ferramentas de trabalho. Isso para evitar acidentes, choques elétricos, queimaduras e até mortes.

Além, é claro, de protocolos corretos para prevenir desastres e danos às estruturas físicas envolvidas em serviços elétricos. É o caso de telhados ou outros componentes das edificações.

 

O que um profissional treinado em NR-10 SEP deve saber?

Um profissional que recebe o treinamento NR-10 é capacitado para atuar em conformidade com todos os requisitos da norma NR-10. Esta prevê a proteção do trabalhador em todas as fases da SEP. Ou seja: geração, transmissão, distribuição, obras de engenharia com instalações elétricas nos pontos de consumo e manutenções elétricas.

Já o treinamento NR-10 SEP é um complemento que prepara o trabalhador para atuar em todos esses setores, porém com energias em alta tensão.

O treinamento NR-10 SEP para obras em alta tensão aborda conteúdos como:

  • Funcionamento do Sistema Elétrico de Potência – SEP.
  • Riscos típicos de acidentes no SEP e sua prevenção.
  • Procedimentos do trabalho em alta tensão.
  • Análise de risco em obras no SEP.
  • Condições que impedem a realização dos serviços.
  • Organização do trabalho.
  • EPIs, ferramentas, posturas e roupas adequadas ao trabalho em alta tensão.
  • Proteção individual e coletiva.
  • Acidentes típicos do SEP.

O atendimento a esses e outros requisitos da NR-10 para atuação no SEP mantém a segurança dos trabalhadores. Também dos usuários e das estruturas elétricas e arquitetônicas envolvidas.

Além disso, garante que, ao contratar um serviço de engenharia elétrica, as empresas atuem dentro da legalidade. Ou seja, evitando multas e punições legais que podem gerar enormes prejuízos e muita dor de cabeça…

 

Norma NR-10: professor ensinando sobre norma NR-10 para atuação no SEP

O que pode acontecer ao contratar empresas de engenharia elétrica sem o treinamento NR-10 SEP?

“A resposta curta para essa pergunta é a morte. A resposta longa é morte seguida de morte” – explica Regoni.

“Quando trabalhamos com eletricidade, essa energia é extremamente periculosa. A periculosidade é dada pelo nível de tensão com a qual os profissionais de elétrica trabalham.

Então, no mínimo, não sendo tão drástico, há o risco de queimaduras de 1º, 2º e 3º graus. Uma queda de altura pode ser uma das situações, mas o maior dos riscos é o falecimento.

E desastres, porque a gente envolve mais de um ponto. A gente envolve os riscos pessoais, a gente envolve os riscos com as instalações. Nós envolvemos os riscos com o meio ambiente, e colocamos lá como um risco a imagem da empresa” – explica o instrutor.

Todos esses fatores são levados em consideração na norma regulamentadora. Por isso é tão importante a contratação de empresas de engenharia elétrica que treinem e atualizem constantemente seus funcionários em relação ao cumprimento da NR-10.  E também de outras normas de segurança do setor elétrico, como a NBR 5410.

 

Por que contratar empresas de engenharia elétrica que atendem normas como a NR-10 e NBR 5410?

O descumprimento de normas como a NR-10 (com requisitos para média e alta tensão) e a NBR 5410 (voltada a instalações elétricas de baixa tensão) pode acarretar pesadas multas ou prejuízos às empresas.

Essas normas não versam apenas sobre a segurança dos trabalhadores em baixa, média ou alta tensão. Aplicam-se também à segurança das próprias instalações elétricas.

Por isso a NR-10 exige que as corporações atendam alguns requisitos normativos. Por exemplo, toda empresa deve manter os “esquemas unifilares das instalações elétricas atualizados, com as especificações do sistema de aterramento e demais equipamentos e dispositivos de proteção”.

Em outras palavras, sua empresa precisa ter um Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas (SPDA) – também conhecido como para-raios – documentado e em condições ideais de funcionamento.

Isso porque se suas edificações não estiverem em conformidade com a legislação, sua empresa poderá ser multada. Além de responsabilizada em caso de acidentes com raio envolvendo  funcionários.

 

Treinamento NR-10 SEP: grupo da OMS Engennharia estudando no treinamento NR-10 SEP

 

Como se adequar à NR-10, NBR 5410 e demais normas?

O melhor caminho é realizar obras mediante a contratação de empresas de engenharia elétrica que treinem constantemente seus profissionais.

Na OMS Engenharia, cursos de reciclagem em NR-10 e NR-10 SEP, NBR 5410 e outras normas são um investimento frequente que reflete a política da empresa.

“Um dos mantras da OMS é qualificar sempre, dar oportunidade e cursos para os nossos profissionais” – explica Henrique Costa. E o engenheiro-eletricista complementa:

“É natural que você, qualificando melhor o profissional do quadro da OMS, possa acessar mercados que exigem uma qualificação cada vez maior e que, por consequência, consiga entregar um melhor retorno e um melhor nível de satisfação para o cliente.”

Além de contratar obras seguras, é recomendável que você realize o laudo de avaliação das instalações elétricas de sua empresa. Existem laudos elétricos voltados especialmente ao cumprimento da norma NR-10.

Também é possível (e recomendável!) realizar o laudo de SPDA, que avalia como está o sistema de aterramento e proteção contra raios numa edificação, a fim de atender à NR-10.

Tenha em mente que sua empresa reponde não apenas pela  segurança dos trabalhadores expostos à energia elétrica, mas de todos os funcionários e pessoas que circulam por suas instalações!

→ Para saber tudo sobre esse tema,  baixe nosso e-book sobre os variados tipos de laudos elétricos!

→ Não espere acidentes e multas acontecerem! Clique aqui para conversar com nossos consultores. E comece já a adequar sua empresa à NR-10 e demais normas de segurança brasileiras. Não esqueça de assinar nosso newsletter para receber mais informações exclusivas da OMS Engenharia. Abraço e até breve!

Open chat