Blog

Laudo com analisador de energia: como ele ajuda sua empresa a evitar os prejuízos dos distúrbios na qualidade da energia?

analisador de energia

Distúrbios na qualidade da energia elétrica  causam enormes prejuízos às empresas. Mas podem ser  solucionados a partir da elaboração de um laudo com analisador de energia.

O analisador de energia é um equipamento de ponta utilizado para avaliar os padrões tensão,  corrente e outras variáveis da energia utilizada pelas empresas em suas atividades diárias.

Se a energia necessária à produção não atende os padrões ideais de qualidade, o empresário pode ter uma série de prejuízos, como:

  • insuficiência
  • má operação
  • falhas em equipamentos da planta e da instalação elétrica.

Esses problemas podem ser causados pela eletricidade comprada da distribuidora ou por equipamentos eletrônicos e máquinas da própria planta industrial.

Sua empresa precisará de um laudo com analisador de energia para identificar a fonte desses distúrbios e corrigi-los. Ou mesmo para exigir da distribuidora local o fornecimento de energia de qualidade ao custo mais baixo possível.

Veremos neste post quais são os principais problemas enfrentados por empresas com baixa qualidade de energia.

E como a análise proporcionada pelo  laudo com analisador de energia é fundamental para a segurança, economia e bom desempenho de empresas e indústrias. 

Afinal, elas dependem totalmente da eletricidade para transformar matéria-prima em produtos e serviços!

 

Distúrbios externos: análise da qualidade da energia fornecida pelo SEP

 

A qualidade da energia necessária à industrialização é parte da infraestrutura básica do país conhecida como Sistema Elétrico de Potência (SEP).

O SEP engloba geração, transmissão e distribuição para alimentar a produção nacional. Ele deve fornecer energia de qualidade, sem distúrbios como falta, queda ou oscilação de tensão e corrente.

O laudo com analisador de energia é um instrumento de controle de qualidade da energia fornecida pelas distribuidoras. É uma ferramenta técnica de análise que pode amparar o consumidor em seu direito de receber energia estável e sem problemas como os que veremos a seguir.

 

analisador de energia

 

Distorção harmônica

É uma distorção na forma de onda, que se repete de forma similar em cada ciclo da frequência.

Transformadores e motores que geram desequilíbrio entre tensão e corrente costumam provocar esse problema. Equipamentos eletrônicos de chaveamento estático também costumam ser outra fonte de distúrbio.

A presença de harmônicos produz maiores esforços nos componentes e isolantes de equipamentos eletrônicos.

Máquinas rotativas podem sofrer superaquecimento. Equipamentos podem ter sua precisão afetada. Transformadores e cabos sofrem perdas de energia.

Além do desperdício que eleva o gasto de energia, os harmônicos prejudicam o funcionamento dos equipamentos. E até mesmo medições técnicas no local podem sofrer interferências.

O laudo analisador de energia identifica a presença de harmônicos levando em conta as normas IEC 61000-4-7 e IEC 61000-4-30.

A aplicação de filtros harmônicos passivos pode corrigir o problema.

Interrupções

São a principal causa de paralisações na produção industrial e comercial. Ocorrem quando a tensão cai a zero em uma ou mais fases, e podem ser consequência de eventos climáticos, galhos, operações na rede ou queda de postes.

O planejamento de um UPS – sistema de energia ininterrupta – é a melhor proteção para evitar a paralisação de atividades em ambiente crítico. Para essa finalidade, no-breaks ou geradores são os dispositivos comumente utilizados.

 

Alterações de frequência

No Brasil, a distribuição de energia ocorre na frequência de 59,9 Hz a 60,1 Hz. O problema é quando ocorrem alterações nessas faixas de frequência.

Isso porque distúrbios de frequência podem afetar principalmente geradores, transformadores e equipamentos eletrônicos. Estes podem sobreaquecer ou até queimar!

 

Desequilíbrio de sistemas trifásicos

São desequilíbrios do fluxo de potência que causam circulação de corrente nos condutores neutros dos dispositivos trifásicos (como geradores, transformadores, reatores e motores).

A consequência imediata é a insuficiência do motor, que não consegue manter ou acelerar a carga em operação. 

O laudo com analisador de energia identifica esses desequilíbrios e possibilita mantê-los dentro dos limites recomendados pelas normas técnicas.

Flutuação de tensão ou “flicker”

É definida pela Agência Nacional de Energia Elétrica, Aneel, como “uma variação aleatória, repetitiva ou esporádica do valor eficaz da tensão”.

Em outras palavras, é uma variação sistemática na forma da onda de tensão. Esse distúrbio é causado por máquinas que provocam oscilações de corrente durante a operação do SEP.

Um dos efeitos, conhecido como “flicker”, é a cintilação da luz, percebida nas lâmpadas. 

A cintilação pode causar mal-estar, fadiga, perda de concentração e irritabilidade a quem está próximo. Sua avaliação requer o uso de instrumentação adequada ao Flickermeter IEC, proposto na norma IEC 61000-4- 15. O laudo com analisador de energia  deve atender a esses parâmetros técnicos.

A partir do laudo, a instalação de filtros, compensadores estáticos e outras soluções corretivas podem ser tomadas para corrigir o problema.

Desequilíbrio de tensão

Em geral, ocorre por má distribuição entre tensão e fases das instalações elétricas.

Esse tipo de distúrbio gera perdas de energia e diminuição da capacidade de transmissão elétrica. Consequentemente, prejudica motores a indução e causa aquecimento de equipamentos.

 

 Transitórios rápidos

São fenômenos de curta duração causados por mudanças abruptas – rápidas ou ultrarrápidas – no sistema elétrico.

Normalmente, são elevações seguidas de queda na magnitude de grandezas elétricas como corrente ou tensão.

  • Os transitórios ultrarrápidos são causados, geralmente, por raios: descargas elétricas naturais.
  • Os transitórios rápidos derivam de alterações na atividade de cargas da rede elétrica. Normalmente, causadas por curto-circuito na rede de distribuição.

Os transitórios rápidos podem tirar máquinas do sincronismo. Eles prejudicam o funcionamento de equipamentos sensíveis (como controladores e conversores que acionam motores a indução). E podem ocasionar o acionamento de dispositivos de proteção contra surtos (DPSs).

A boa notícia é que, a partir da identificação do problema com um laudo analisador de energia, equipamentos e métodos de proteção podem ser implantados para evitar esses prejuízos.

 

Distúrbios internos – análise da qualidade da energia industrial

 

Como dissemos no início do post, nem todo distúrbio elétrico vem da energia  fornecida pela distribuidora que atende a empresa. Máquinas e equipamentos de alta potência utilizados numa planta industrial também podem causar distúrbios de corrente e tensão.

Esses distúrbios reduzem a qualidade de energia elétrica (EE). Em outras palavras, eles prejudicam a funcionalidade da produção e diminuem a eficiência energética das empresas.

O laudo com analisador de energia  pode identificá-los para que medidas de correção possam ser tomadas.

Os distúrbios mais comuns na qualidade de energia dentro das empresas são:

  • harmônicos
  • flutuações e variações de tensão
  • baixo fator de potência
  • tensão fora da nominal.

 

⇒ Entenda o que são esses fenômenos em nosso post sobre distúrbios na qualidade de energia!

⇒ Leia também nosso vídeo e informações relevantes sobre o baixo fator de potência é um distúrbio que eleva a conta de luz e gera multas às empresas.

⇒ Você também pode saber como corrigir o fator de potência usando um banco de capacitores.

Como é feito o laudo com um analisador de energia?

 

analisador de energia

A OMS Engenharia realiza o serviço de análise de energia utilizando equipamentos como o analisador de energia FLUKE 435-II. O equipamento é utilizado para avaliar a energia a fim de detectar possíveis distúrbios de tensão ou corrente.

Na avaliação da qualidade de energia elétrica (EE), feita nas instalações das empresas e indústrias, são analisados:

  • tensão e corrente de serviço por fase
  • valor máximo da tensão e da corrente
  • distorção harmônica de tensão e corrente
  • desbalanceamento de tensão e corrente
  • potência ativa, total e aparente
  • fator de potência trifásico e por fase
  • frequência.

“Para elaborar um laudo com analisador de energia, empregamos equipamentos de ponta, como os da Fluke. O Fluke é líder mundial em instrumentos de medição elétrica.  Isso porque temos o compromisso de entregar ao consumidor laudos com medições precisas e confiáveis. Sem deixar de lado a segurança dos nossos profissionais que realizam o trabalho nas empresas” – explica Mauro Nascimento Costa, sócio da OMS Engenharia.

Como vimos, o laudo com analisador de energia é um documento técnico que respalda as ações dos consumidores para exigir do fornecedor a qualidade da energia contratada.

Também para identificar e corrigir os distúrbios causados internamente por máquinas e equipamentos das instalações elétricas industriais/comerciais.

→ Pronto para investigar a qualidade de energia da sua empresa? Conte com a experiência da OMS Engenharia! Elaboramos o laudo com analisador de energia para você utilizando tecnologia Fluke. Entre em contato conosco por aqui ou pelo WhatApp. Nos vemos em breve!

41 - 99646-4265 

 

(41) 99646-4265

 

Produzido por Share mkt

Open chat